0 Item

Um estudo divulgado recentemente mediu a implementação dos vários tipos de robôs em 20 indústrias e seus modos de uso para contabilizar US$ 1,040 bilhão investidos no mercado de robôs na América Latina em 2018. O montante deverá chegar a US$ 1,266 bilhão neste ano na mesma área geográfica. São 73% de robôs industriais, 27% para serviços e 0,09% de consumo.                                                           

A expectativa para 2022 é a de que os robôs industriais na América Latina representem 72% do mercado graças à participação de Brasil e México, chegando a US$ 2,150 bilhões. A análise destaca que o ramo alimentício deve gerar grande demanda pelo equipamento complexo. Os casos de uso mais relevantes de robôs industriais são montagem, solda, mistura, embalagem de produtos, inspeção e engarrafamento.

Em relação ao segmento dos robôs de serviços, a maior parte deles fazem embalagem, inspeção de tubulações, produção agrícola e segurança. As informações são do International Data Corporation (IDC) publicadas no Guia Semestral Global de Investimento em Robótica.

“Estes robôs irão crescer na área de agricultura, principalmente na colheita de frutas e verduras e também irão crescer na modernização da infraestrutura dos países da América Latina”,

prevê Alejandro Floreán, vice-presidente de consultoria da IDC América Latina.

Ele também observa que as indústrias de alto risco, como a mineração, também se beneficiarão dos robôs a fim de garantir a segurança dos seres humanos e, também, aumentar a eficiência nas atividades repetitivas.

De olho na Indústria 4.0

A quarta revolução industrial – a Indústria 4.0 – vem com tudo em automação com foco na robotização.

A Techo Supply, empresa do ramo de tecnologia industrial de ponta, tem dois cases recentes de implantação de robôs. Os processos industriais das empresas instaladas em Campinas (SP) Asbg Campinas e 3M ganharam, respectivamente, os robôs das marcas Epson e Parker.

Os robôs industriais e a Indústria 4.0 estão intrinsecamente conectados, pois o mundo contemporâneo de sucesso exige cada vez mais tecnologias para automação e troca de dados – se utilizando de sistemas ciberfísicos, da Internet das Coisas e da Computação em Nuvem.

Apesar do avanço mundial e da ‘leitura’ do IDC que vê no Brasil um dos principais players na América Latina, as empresas instaladas no país estão atrás na corrida da automação industrial. A consultoria Idados colocou o Brasil em 18ª posição no ranking das nações mais automatizadas em 2017. 

Entretanto, conforme entrevista publicada em julho de 2019 pelo jornal Valor Econômico, três grandes fabricantes de robôs confirmam um bom crescimento em 2018, o que corrobora o estudo e expectativas positivas do IDC.

Sobre a Techno Supply

Instalada em Piracicaba (SP), a Techno Supply foi fundada para atender as reais necessidades das empresas nacionais e multinacionais em tecnologia industrial. Com tecnologia industrial de ponta, a Techno Supply atua nas áreas de automação industrial e segurança de máquinas, com ampla expertise técnica e sólido suporte nos contratos com renomados parceiros tecnológicos nacionais e internacionais.

Cada vez mais presente nos mercados interno e externo com o desenvolvimento e comercialização de equipamentos para automação industrial, assistência técnica e montagem, a Techno Supply tornou-se referência no setor. Os cases mais famosos da marca são a automação de cobrança de pedágios em rodovias e cortina de luz para garantir segurança na operação de máquinas.

Sumário
Mercado de Robôs Industriais Deve Crescer 21% em 2019
Artigo
Mercado de Robôs Industriais Deve Crescer 21% em 2019
Descrição
Estudo divulgado recentemente mediu a implementação dos vários tipos de robôs em 20 indústrias e seus modos de uso para contabilizar US$ 1,040 bilhão investidos no mercado de robôs na América Latina em 2018. O montante deverá chegar a US$ 1,266 bilhão neste ano na mesma área geográfica. São 73% de robôs industriais, 27% para serviços e 0,09% de consumo.
Autor
Empresa
Techno Supply Automação Industrial
Marca
1
Podemos ajudar! Fale com um especialista em Automação Industrial.
Powered by